Bitmap em Sem título-1

Florianópolis será palco de um dos maiores eventos de energia solar em 2020

Cidade receberá especialistas internacionais para debater futuro da energia solar na mobilidade urbana e internet das coisas

O futuro da energia solar será amplamente discutido por especialistas de renome internacionais e nacionais durante um dos maiores eventos do segmento: “360 Solar: Conectando a Energia Fotovoltaica com o Futuro”, que será realizado nos dias 14 e 15 de maio de 2020, em Florianópolis, Santa Catarina. Na ocasião, serão discutidas as aplicações de tecnologias do futuro para energia solar, como casa inteligente, veículos elétricos, armazenamento por baterias e redes inteligentes de distribuição de energia.

O evento é organizado pela ElektSolar, especializada em treinamentos para profissionais do mercado fotovoltaico, e reunirá autoridades nacionais e internacionais, que debaterão o futuro da energia solar em áreas como mobilidade urbana, internet das coisas e inovação.

Durante os dois dias de evento, que ocorrerá no Costão do Santinho, na capital catarinense, os organizadores esperam a presença de cerca de mil participantes. Além das mais de 20 palestras sob liderança de especialistas brasileiros e estrangeiros, haverá uma área de exposições para dezenas de empresas apresentarem produtos, serviços e inovações na área de energia solar.

O CEO da ElektSolar e organizador do evento, Siqueira Neto, destaca que a tecnologia solar fotovoltaica tem inúmeras aplicações na vida em sociedade, com inovações que surgem diariamente no Brasil e no mundo. “A ideia é reunir essas inovações e apresentar ao público em geral a grande flexibilidade para a utilização da energia fotovoltaica em praticamente todas as atividades humanas”, explica.

O uso da tecnologia solar fotovoltaica em telhados e terrenos dobrou no primeiro semestre deste ano e acrescenta mais de um megawatt a cada 24 horas. Os dados são da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), acrescentando que os investimentos acumulados em projetos de geração distribuída solar fotovoltaica já somam mais de R$ 5,2 bilhões no País desde 2012.

A cada 24 horas, são instalados em telhados e pequenos terrenos sistemas solares fotovoltaicos suficientes para abastecer mais de 500 residências médias brasileiras. Ainda segundo mapeamento da entidade, com base em dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a tecnologia adicionou, em média, mais de um megawatt diário na rede elétrica no primeiro semestre de 2019.

A geração distribuída solar fotovoltaica, segundo o levantamento, praticamente dobrou de tamanho entre janeiro e julho deste ano em comparação com todo o histórico anteriormente instalado no País. A modalidade saltou de 50 mil sistemas até o final de 2018 para cerca de 100 mil conexões até julho de 2019. Atualmente, mais de 108 mil unidades consumidoras já utilizam a fonte solar fotovoltaica para seu suprimento elétrico.

FONTE: encurtador.com.br/fxBF9

 

Related Post

0 Comments